The Football, o primeiro quadro sobre o beautiful game

Em 1839 o pintor britânico Thomas Webster retratou pela primeira vez um jogo que estava longe de ser o fenómeno de massas dos nossos dias. The Football é a primeira obra artística devotada ao futebol quando o beautiful game ainda vivia a sua primeira infância.

O primeiro retrato do beautiful game

Em 1864, uma reunião no Freemasons Tavern, deixou estabelecida a base do que seria a popularização definitiva do futebol através da formação da sua primeira federação, a Football Association. Foi a reunião onde se confirmou a inevitável cisão entre futebol e rugby, uma reunião repleta de novidades mas longe ainda de desenhar todas as bases do que seria o futuro retrato do jogo mais popular da história. E no entanto, então, o futebol já tinha sido alvo da sua primeira pintura oficial quando formalmente ainda não existia sequer de uma forma organizada.

Vinte e cinco anos antes Thomas Webster, um pintor naturalista britânico, retratou com paixão um jogo de futebol entre um grupo de rapazes numa aldeia inglesa.

O autor vivia na zona bucólica de Suffolk e durante vários anos testemunhou interessado como vários jovens locais disputavam um popular jogo em que uma bola era pontapeada de um lado ao outro de forma entusiástica. Numa ocasião decidiu captar a cena por outro prisma, a do pintor, e encontrou na forma do movimento da sequência a inspiração para a sua próxima obra. Pintou-a durante alguns meses e baptizou-a, simplesmente, como The Football.

O primeiro retrato do beautiful game

O quadro passou relativamente desapercebido à época.

O futebol começava a fazer-se notar em vários colégios mas ainda era um desporto com uma popularidade residual, bastante por detrás do cricket junto do público. No entanto, com o passar dos anos, e à medida que sua obra se tornou cada vez mais reconhecida, o quadro foi redescoberto e quando Webster faleceu, era já uma das obras mais simbólicas da sua carreira.

Por essa altura, 1888, o futebol tinha dado o salto definitivo rumo ao futuro através da primeira organização reconhecida oficialmente, a FA. Webster tornou-se, de forma totalmente inesperado, num dos primeiros divulgadores populares do jogo. O seu retrato tornou-se um símbolo dessa era, reflexo da natureza descomplexada como o futebol nasceu, na sua reencarnação moderna.

1.686 / Por